Cinemática aplicada: Correr ou andar na chuva?

Webnode
Cinemática aplicada: Correr ou andar na chuva?

Uma pessoa deve correr ou andar ao atravessar a rua debaixo de chuva sem guarda-chuva? Correndo, a pessoa passa menos tempo na chuva, mas provavelmente encontra um número maior de gotas de chuva. A resposta muda se um vento soprar as gotas de chuva na direção da pessoa ou na direção oposta?

As dirigir na chuva, que velocidade uma pessoa deve manter para minimizar a quantidade de água que cai no para-brisa dianteiro e, assim, manter uma visibilidade razoável?

Resposta:

Se a chuva cai verticalmente ou o vento a empurra na direção da pessoa, esta deve correr o mais depressa possível. Embora a pessoa colete chuva, a redução do tempo passado na chuva a deixa menos molhada do que se ela se movimentar mais devagar. Para reduzir o número de gotas coletadas, a pessoa deve minimizar sua seção reta vertical, inclinando o corpo para a frente enquanto corre.

Se o vento bater nas costas da pessoa, a melhor estratégia é correr num ritmo equivalente à velocidade horizontal das gotas de chuva.

Ao dirigir na chuva, o importante é manter a visibilidade, e não manter o carro o mais seco possível. Se as gotas de chuva caem verticalmente ou caem em sentido oposto ao do movimento do carro, é aconselhável dirigir devagar. Se a chuva cai no sentido do movimento do carro, o ideal é andar na velocidade horizontal das gotas de chuva, mas isto não é seguro.

 

Fonte: Livro "O Circo Voador da Física"; Autor: Jearl Walker; Editora: LTC; 2ª Edição

 

Asssita ao vídeo dos Caçadores de Mito: http://www.youtube.com/watch?v=MMrPb8aWNZk

 

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!